Notícias

Médico de 44 anos morre após ser agredido dentro de casa no Interior do Paraná


Brasil Net

O suspeito pelas agressões, um jovem de 19 anos, foi preso no local após acionar o socorro

Foto: Divulgação/Prefeitura de Prudentópolis
Fábio Maia, 44 anos, foi agredido até a morte em Prudentópolis

O médico Fábio Maia, 44 anos, foi agredido até a morte em Prudentópolis, na região Central do Paraná, na noite de domingo (5). O suspeito pelas agressões, um jovem de 19 anos, foi preso no local após acionar o socorro.

Ele disse à polícia que estava drogado no momento da briga e que teria revidado um ataque da vítima.

O médico chegou a ser encaminhado pelos socorristas ao Hospital Santa Casa, mas não morreu. Segundo a polícia, havia sangue na cama e nas paredes.

A Prefeitura de Prudentópolis publicou nota de pesar pela morte do médico: 

"A Prefeitura Municipal de Prudentópolis, expressa profunda tristeza pelo falecimento do Médico Dr. Fábio Maia, ocorrido neste domingo, 05 de junho. Neste momento de profunda dor e pesar, a administração municipal manifesta aos familiares e amigos, expressando as mais sinceras condolências pela partida precoce. Dr. Fábio nos deixa como legado o seu admirável trabalho em favor da Saúde dos Munícipes de Prudentópolis e seu exemplo de profissional dedicado e ético. Sua partida deixa um legado de carinho e amizades. Estamos enlutados com essa perda irreparável", diz a nota.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Bem Paraná
FACCREI - VESTIBULAR DE VERÃO 2022