Notícias

População tenta linchar suspeito de assassinato de jovem grávida em Bandeirantes


Brasil Net

Machucado, o suspeito precisou da ajuda da PM para deixar o local

Foto: Redes Sociais
O homem foi preso e encaminhado para outra cidade

No final da tarde de quinta-feira (17), um grupo de pessoas, incluindo até crianças, se aglomeraram na porta de um escritório de advocacia, localizado na Avenida Comendador Luiz Meneghel na área central da cidade de Bandeirantes (32 Km de Cornélio Procópio), onde se encontrava o suspeito do homicídio a jovem Larin de 22 anos, que causou comoção na cidade.

Larin estava grávida, o que revoltou a população. Seu corpo foi encontrado em uma área rural na tarde da última segunda-feira (15), após ela ter desaparecido no sábado anterior.

As suspeitas do crime recaíram sobre namorado, que não queria a criança e teria pedido que ela abortasse, segundo informações do delegado Michel Eymard de França Araújo, que investiga o caso.

O suspeito estava com seu advogado e de acordo com o delegado, ele estava prestes a se apresentar na delegacia, visto que já havia um Mandado de Prisão contra sua pessoa, mas os populares cercaram o prédio, o retiram a do local e começaram um princípio de linchamento, mas a PM, chegou rápido e conseguiu tirá-lo das mãos do povo

Ferido, com escoriações e contusões pelo corpo, principalmente no rosto, ele foi encaminhado para a delegacia, para onde os populares seguiram e na sequência, para sua proteção, foi transferido pra outra cidade.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Rádio Cabiúna, Tánosite e Portal Bonde