Notícias

PM é morto com a própria arma ao tentar separar briga em baile


Brasil Net

Fernando Hortz, de 35 anos, morreu foi baleado no peito e em uma das mãos e faleceu a caminho do hospital

Foto: Reprodução
PM morto no Paraná

Uma briga em um baile em Cerro Azul no último sábado (31), na região metropolitana de Curitiba, terminou na morte de um soldado da PM (Polícia Militar). O oficial Fernando Hortz, de 35 anos, foi tentar separar a confusão quando foi atingido por um tiro no peito e outro em uma das mãos. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital, segundo informações do Uol .

Segundo o boletim de ocorrências da PM, o soldado estava acompanhada de um amigo. Quando tentaram separar uma confusão, foram cercados por duas pessoas que passaram a agredi-los. Um dos suspeitos roubou a arma do policial e disparou contra ele.

Ao chegarem ao local, ainda segundo o boletim, o militar e o amigo tentaram separar uma briga na chácara. Durante a confusão, ambos acabaram cercados por duas pessoas que passaram a agredi-los. Um dos suspeitos conseguiu tomar a arma e disparou contra Hortz, conforme o documento. Um dos disparos feriu uma das pernas do amigo do militar, mas sem gravidade.

De acordo com a Polícia Civil, "o inquérito policial foi instaurado e testemunhas estão sendo ouvidas desde ontem a fim de localizar os suspeitos e estabelecer a dinâmica dos fatos".

CN INSTITUCIONAL


Fonte: Redação CN Notícias, com informações do Portal iG de Notícias