Notícias

Distrito de Congonhas completa 72 anos


Brasil Net

O distrito, propriamente dito, foi criado em 21 de fevereiro de 1949, através de um decreto estadual

Foto: CN
O distrito de Congonhas recebeu esse nome devido ao Rio Congonhas ou “das Congonhas”

A história do Distrito de Congonhas começa em 1891 quando Ildefonso Mendes de Sá comprou dos herdeiros do Barão de Antonina uma grande área que começava em São Jerônimo da Serra e terminava às margens do rio Congonhas, dando origem a Fazenda Congonhas.  Em 1893 Olegário Rodrigues de Macedo e Jorge Marcondes de Albuquerque compraram a Fazenda Congonhas de Ildefonso e, em 1900, Olegário comprou a parte de Jorge.    Em 1902, Olegário e sua mulher venderam essa área para José Pedro da Silva Carvalho e sua mulher Júlia Baptista de Carvalho, que em outubro de 1923 venderam parte dessa fazenda à Companhia Agrícola Barbosa.

Essa companhia loteou a área comprada, mas somente em 1931 é que foi possível a demarcação das áreas loteadas, pois o Km 142 da Companhia Ferroviária São Paulo – Paraná, com sua estação, serviu de marco inicial para os loteamentos.   O povoado surgiu em frente à estação ferroviária, em uma área de 37,68 alqueires e seu plano de desenvolvimento urbano obedecia à divisão do terreno em três partes, feito pela Companhia.

O distrito, propriamente dito, foi criado em 21 de fevereiro de 1949, através de um decreto estadual. A subprefeitura foi criada em 1948, pela Lei Municipal nº 64, de dois de dezembro, mas ela só foi instalada nove anos depois, através do Decreto Municipal nº 205.

Em meados dos anos 50 do século XX Congonhas era um povoado em pleno desenvolvimento, possuía comércio forte e população crescente. Segundo moradores antigos, a população de Congonhas possuía várias opções de comércio: lojas, bares, sorveteria, os chamados “bazares”, cinema, farmácia, e ainda um pequeno “campo de aviação” onde podiam aterrissar e alçar voo pequenas aeronaves.

A cultura do café firmou o norte do Paraná como “Terra Prometida” para muitos brasileiros, dessa forma, vieram para a região famílias de diversos estados em busca de melhor condição financeira.  Com a geada de 1975, conhecida como “geada negra”, a cultura do café que era alicerce financeiro da região, sofreu uma grande queda e muitos agricultores foram à falência. Famílias inteiras partiram para outros estados para fugir da crise que assolou o norte do Paraná, dessa forma, a população congonhense teve uma grande diminuição.

O distrito de Congonhas recebeu esse nome devido ao Rio Congonhas ou “das Congonhas”. O rio foi batizado com esse nome por possuir em sua nascente muita erva-mate, chamada de “congonha” pelos paulistas.

Planta da família das Aquifoliáceas, de cujas folhas se fabrica o mate, ou também conhecida como congonha-do-campo, congonha de bugre ou mate-falso. A palavra vem do Tupi "Kô gôi", "o que sustenta, o que alimenta". É anti-inflamatória e auxilia no combate ao reumatismo.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com texto de Maura Bastos
SEMANA 01 Faccrei