Notícias

Após ser flagrado chutando animal doméstico em Cornélio Procópio, acusado faz acordo


Brasil Net

Imagem gravada por uma câmera de segurança mostra o acusado, sem qualquer razão e de forma covarde, chutando um gato

Foto: Reprodução
O acusado vai pagar multa de R$ 522,50 e doação de 13 sacos de ração

Um vídeo divulgado entre os dias 26 e 27 de abril deste ano nas redes sociais revoltou os moradores de Cornélio Procópio. A imagem gravada por uma câmera de segurança mostra uma pessoa do sexo masculino praticando caminhada junto a uma mulher em um local da cidade, uma situação normal até que ao chegar em frente a uma casa, tal indivíduo sem qualquer razão e de forma covarde, chuta um gato que estava na frente da residência.

Sem saber o que estava acontecendo, o animal que chegou até sentar para observar as pessoas que por ali passavam, foge rapidamente para a rua e o indivíduo segue sem mostrar qualquer arrependimento.

Graças às imagens ele foi reconhecido e denunciado e na última terça-feira (29), a Associação de Proteção e Bem Estar Animal Ângelo Picone, entidade que protege os animais em Cornélio Procópio, publicou em sua página oficial do Facebook, informações a respeito do indiciamento do acusado.

Segundo a entidade, ele fez um acordo de transação penal com a Justiça e vai pagar R$ 522,50 de multa e vai fazer a doação de 13 sacos de ração para Associação de Proteção e Bem Estar Animal.

O cidadão ainda teve sorte, justamente no dia 29, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 1.095/2019, que aumenta a punição para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais.

Conforme a nova legislação, a pena agora vai de dois a cinco anos de prisão, além de multa e a proibição de guarda de novos bichos.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Anuncifácil e repórter Odair Matias
Novidades Faccrei