Notícias

Alunos da UTFPR de Cornélio Procópio fabricam máscaras em impressora 3D


Brasil Net

Material foi entregue a profissionais da saúde do município e região para auxiliar na prevenção ao coronavírus

Foto: Laboratório Área 42
Alunos da UTFPR junto a produção dos equipamentos para a doação

Um dos reflexos da pandemia para o enfrentamento do Novo Coronavírus é a falta de máscaras de proteção para os profissionais de saúde. Devido essa carência, os alunos do “Laboratório Área 42” da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), Campus Cornélio Procópio, formalizaram no dia 30 de março o projeto de extensão para a fabricação de protetores faciais.

Desta forma, os alunos deram início à produção dos equipamentos para a doação à rede pública de saúde. Em menos de um mês, eles fabricaram mais de 500 máscaras. No total o projeto já entregou aproximadamente 800 protetores.

A equipe, composta por alunos e professores da instituição, são dos cursos de engenharia eletrônica, engenharia de controle e automação, e análise e desenvolvimento de sistemas, eles trabalham com os recursos do laboratório e de iniciativas privadas.

A demanda subiu e o novo objetivo é a produção de 2.500 protetores, e para arrecadar doações eles disponibilizaram uma vaquinha on-line nas redes sociais do projeto, para a fabricação de protetores (PLA, PLA+, PETq e acetato) e impressores 3D para o aumento da produção.

O projeto consiste na produção de protetores faciais destinado a doação para profissionais de saúde, e foi aprovado em Edital da Pró-reitoria de Relações Empresarias e Comunitárias e Pró-Reitora de Graduação da Universidade.

A equipe do projeto é formada pelo Coordenador Antonio Carlos Fernandes da Silva; Professor e Pesquisador Alexandre Rossi Paschoal; Diretor de Relações Empresarias e Comunitárias Felipe Haddad Manfio; Discentes: Fabricio Henrique Ramos Bruniera, Rodolfo Morais Devecchi, Paulo Henrique Dias da Mota, Tiago Grossi Hasuda e membro externo Xbrain Desenvolvedor de Sistemas, Thiago Arahn Detoni.

O projeto recebeu diversas doações, como: 1 impressora 3D da Construtora Plaenge Empreendimentos Ltda de Londrina, vinte quilos de filamento PLA+ e uma Inception 3D da Empresa Incubadora de Inovações da UTFPR/CP e sete quilos de filamento PLA+ da empresa Dino Print 3D.

Ajudaram no projeto a XBrain Desenvolvimento de Sistemas,  empresa de desenvolvimento de softwares com sede na cidade de Londrina e a  a Ong Cantinho da Criança de Cornélio Procópio que disponibilizaram impressoras 3D para impressão dos protetores faciais.

Tambem deram apoio aos estudantes  o Canal X-Projeto do Youtube, que pertence ao Fabricio Henrique Ramos Bruniera, discente da Universidade e a Secretaria de Saúde da Cidade de Cornélio Procópio, que será a responsável, junto com a equipe do projeto, pela distribuição dos protetores faciais.

 

Saiba mais e ajude esta causa nas Redes Sociais do Projeto:

https://www.facebook.com/pfarea42/

 

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com texto do Departamento de Comunicação da Prefeitura
Novidades Faccrei