Notícias

PM fecha três pontos de vendas de drogas em Cornélio Procópio


Brasil Net

Várias pessoas foram presas e uma boa quantidade de drogas foi retirada de circulação

Foto: Anuncifácil
A PM encontrou drogas em casas no Jardim Bela Vista e Vila São Pedro

Graças a denúncias anônimas e trabalho ostensivo de combate ao tráfico de drogas em Cornélio Procópio, a Polícia Militar realizou importantes prisões e retirou de circulação uma boa quantidade em drogas entre o sábado e domingo (15 e 16), no último final de semana.

Segundo a PM, primeira situação ocorreu por volta das 11 horas da manhã de sábado, quando ao verificar informações que relatavam a venda de drogas em uma residência da Rua Antônio Cassiano, no Jardim Bela Vista, em patrulhamento pelo local, uma equipe visualizou uma adolescente de 16 anos, usando maconha em frente à casa mencionada nas denúncias.

De acordo com a PM, na casa onde a jovem morava com a mãe, foi encontrado em um pote dentro de um guarda roupas, uma porção de maconha pesando quatro gramas, além de vinte e duas pedras de crack, embaladas e prontas para a venda.

Os policiais ainda encontraram dentro de um sapo de pelúcia outras pedras de crack em tamanhos maiores, que seriam futuramente divididas e vendidas. Também foram apreendidas no quarto da jovem uma folha com anotações da venda das drogas, uma caixa com três lâminas, três aparelhos celulares e quarenta Reais em dinheiro.

Questionada, a mãe da menor afirmou que não sabia da existência das drogas em sua casa, apontando para a filha como traficante, sendo que a jovem assumiu a venda, porém devido às denúncias que relatavam claramente que a mulher estaria envolvida, a mesma recebeu voz de prisão e junto à filha, foi encaminhada a delegacia de Polícia Civil.

A jovem foi ouvida e liberada, mas a mãe, que já cumpria pena no regime aberto por tentativa de homicídio, esta foi autuada pelo crime de tráfico de drogas e encaminhada à prisão.

No dia seguinte (domingo) em situação semelhante, com informações que um indivíduo já conhecido no meio policial, de nome Bruno, também chamado de “Bruno Menor” ou “Bruninho”, estaria vendendo maconha em uma residência da Rua Benjamin Constant, na Vila São Pedro, inclusive anunciando por um aplicativo de celular, o patrulhamento foi intensificado no local por volta das 15h30, ao passar pela referida rua uma equipe de Rádio Patrulha visualizou o acusado junto a outros indivíduos em atitude suspeita.

Conforme registrado pela PM, ao reparar na presença da viatura, o grupo se dispersou, cada um fugindo para uma direção diferente, mas a equipe policial não perdeu de vista a pessoa de Bruno, que seguiu para a casa que estava sendo monitorada, onde pulou o muro e entrou rapidamente.

Então equipe foi até a casa, onde entrou em contato com a moradora, que autorizou a entrada dos policiais, os quais ao ingressarem na moradia já se depararam com Bruno e outro rapaz, de nome Jean, também com histórico de tráfico de drogas, ambos ao fundo da residência realizando o corte e embalagem de uma porção de maconha, que o principal implicado tentou se desfazer, jogando por sobre um muro.

Diante dos fatos, a moradora e os dois rapazes receberam voz de prisão, sendo a droga recuperada, tratando-se de trezentas e dez gramas de maconha.

Com Bruno os policiais ainda apreenderam oitenta Reais em notas diversas e na casa uma balança de precisão, utensílios utilizados para fracionar e embalar entorpecentes.

O trio foi levado para a delegacia, onde Bruno assumiu a propriedade da droga, afirmando ser de uso pessoal e que em menos de três dias fumaria tudo, tentando livrar os demais, mas como a denúncia referia sobre a venda de drogas na casa e com as evidências constatadas no local, todos foram autuados, ou por tráfico ou associação ao tráfico de drogas, informou a PM.

Enquanto isso, ali perto, praticamente no mesmo horário, outra equipe da PM monitorava uma casa na Rua Júlio Mariucci, também na Vila São Pedro, suspeita de ser ponto de venda de drogas, onde acabou abordando um indivíduo já conhecido por ser usuário, que acabara de sair desta residência e com ele foi encontrada uma pedra de crack, que afirmou ter acabado de comprar da moradora, conhecida como “Petô” e diante disso, os policiais foram até o local, onde detiveram a suspeita, igualmente conhecida por envolvimento com o tráfico.

Na sequência foi acionado apoio, que trouxe uma policial feminina, que procedeu a revista na mulher, sendo encontradas em suas partes íntimas, quinze pedras de crack embaladas e prontas para a venda.

No local ainda foram apreendidos certa quantia em dinheiro, material para embalar a droga e um celular.

Em virtude do tráfico comprovado, a mulher foi encaminhada junto ao rapaz abordado no primeiro momento a delegacia de Polícia Civil, onde a primeira foi atuada e o segundo liberado por ser classificado como usuário, podendo responder sobre isto perante a Justiça posteriormente.

Pouco depois, em patrulhamento pela Vila Severina, outra equipe da PM realizou abordagens a dois indivíduos em atitude suspeita andando pelo bairro e próximo a eles foi encontrada uma porção maconha pesando oito gramas.

Nos celulares dos implicados os PMs visualizaram negociações de venda de entorpecentes em seus aparelhos celulares e em virtude disto, eles foram encaminhados para delegacia de Polícia civil para maiores esclarecimentos e demais procedimentos, informou a PM.

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Anuncifácil
Novidades Faccrei




Comente utilizando seu facebook