Notícias

Cidade é invadida por ‘exército’ de 3.500 macacos


Brasil Net

Lopburi enfrenta uma crise sem precedentes à medida que uma população de primatas assumiu o controle das ruas, obrigando os lojistas a fecharem suas portas

Foto: Reprodução
O caos começou durante os dias sombrios da pandemia de Covid-19

A cidade de Lopburi, na Tailândia, conhecida por seus turistas que se reuniam para admirar macacos selvagens, agora enfrenta uma crise sem precedentes à medida que uma população estimada em cerca de 3.500 primatas assume o controle das ruas.
O caos começou durante os dias sombrios da pandemia de Covid-19, quando as restrições deixaram as ruas desertas e os macacos, privados de sua fonte usual de alimentos, se tornaram agressivos. Sem a presença humana para alimentá-los, eles se voltaram para a busca frenética por comida, resultando em ataques generalizados às lojas e residências da cidade.
Lojas e empresas foram forçadas a fechar suas portas, enquanto investidores suspenderam seus projetos na cidade, temendo o ambiente hostil criado pelos símios. Residentes desesperados foram obrigados a barricar suas casas em uma tentativa de se proteger dos macacos furiosos que invadiam em busca de comida.
 “Vivemos numa jaula, mas os macacos vivem do lado de fora”, lamenta Kuljira Taechawattanawanna, residente de Lopburi, descrevendo o sentimento de impotência que domina a cidade.
Os esforços do governo para restaurar a ordem têm sido em vão, com as autoridades locais estabelecendo zonas proibidas em toda a cidade para conter a crescente influência das gangues rivais de macacos.
Em uma tentativa inicial de controlar a situação, os residentes locais recorreram a estratégias equivocadas, oferecendo alimentos açucarados aos macacos na esperança de mantê-los longe. No entanto, especialistas advertem que essa abordagem apenas exacerbou o problema, tornando os macacos mais agressivos e hiperativos.“Os alimentos açucarados podem aumentar a produtividade dos macacos e estimulá-los a reproduzirem-se mais”, explica Suttipong Kamtaptim, do Departamento de Parques Nacionais.
Enquanto Lopburi luta para recuperar sua antiga glória, resta aos moradores e autoridades locais encontrar soluções criativas e eficazes para lidar com essa invasão dos símios que lançou a cidade no caos.

 

FACCREI - VESTIBULAR


Fonte: Redação Cornélio Notícias, com informações do Jornal Exta Online
CN INSTITUCIONAL