Notícias

Cerimônias nos EUA marcam os 20 anos dos atentados de 11 de setembro


Brasil Net

Em Nova Iorque, o presidente Joe Biden participou de evento que homenageia as vítimas dos ataques ao World Trade Center

Foto: Divulgação
Atentados de 11 de setembro completam 20 anos

Cerimônias em homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro marcam o dia ao redor dos Estados Unidos. A data, relembrada com pesar anualmente, torna-se especialmente emblemática no sábado (11): são exatos 20 anos desde que cerca de três mil pessoas morreram nos atentados organizados pela rede terrorista Al Qaeda liderada por Osama Bin Laden.

Em Nova Iorque - cidade que há duas décadas assistia estarrecida aos ataques ao World Trade Center - o presidente Joe Biden participou das cerimônias acompanhado por ex-presidentes americanos. Dentre eles está George W. Bush, mandatário dos Estados Unidos à época dos atentados.

O evento teve início às 8h46 no horário local (9h46 pelo horário de Brasília), horário em que o primeiro avião se chocou contra uma das Torres Gêmeas. O impacto das duas aeronaves contra as torres resultou no desmoronamento daqueles que eram considerados os maiores prédios da metrópole americana.

Biden compareceu também aos estados da Pensilvânia e da Virgínia - no Pentágono, outros dois locais atingidos por aviões naquela terça-feira que mudaria para sempre os rumos do mundo.

O esquema de segurança para os eventos foi reforçado, pois há o temor de que grupos terroristas aproveitem a data para uma ofensiva.

Através das redes sociais, o presidente Joe Biden mandou uma mensagem de solidariedade às famílias das vítimas dos ataques:

"20 anos após 11 de setembro de 2001, comemoramos as 2.977 vidas que perdemos e homenageamos aqueles que arriscaram e deram suas vidas. Como vimos nos dias que se seguiram, a união é nossa maior força. É o que nos torna quem somos - e não podemos esquecer disso."

Kathy Hochul, governadora de Nova Iorque, também se pronunciou pelas redes sociais:

"Nós nos lembramos das vítimas e bravos socorristas que perderam suas vidas nesses ataques. Permanecemos unidos como nova-iorquinos ao honrar sua memória."

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Band News