Notícias

Justiça manda indenizar carteiro assaltado 18 vezes em São Paulo


Brasil Net

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) terá que pagar R$ 20 mil de indenização

Foto: Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
A vítima alegou que só em 2015 sofreu 15 assaltos

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) a pagar R$ 20 mil de indenização a um carteiro, que utilizava moto, que sofreu 18 assaltos durante o período de seu contrato, em São Paulo. Só em 2015, ele foi abordados por bandidos 15 vezes.

De acordo com o Jornal Extra, o funcionário alegou que as mercadorias que transportava eram valiosas, mas que mesmo assim a empresa não tomava providências a respeito da violência, que gerou tramas. Ele chegou a ser afastado do trabalho e passou a usar medicamentos controlados.

Ao jornal, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) respondeu que “por se tratar de processo judicial, os Correios se manifestam apenas em juízo”.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Metrópoles