Notícias

PM emite nota sobre morte de jovem na Vila Independência, em Cornélio Procópio


Brasil Net

Segundo a PM, o rapaz tentou pegar a arma dos policiais, que tentavam o conter para ele não agredir a esposa

Foto: Ilustrativa
A vítima, de 19 anos, morreu no local após ser alvejado por um dos policiais

Na manhã de terça-feira (01), o Comando da Polícia Militar de Cornélio Procópio emitiu uma nota sobre a morte de um jovem de 19 anos de idade, ocorrida na noite anterior, na Vila Independência, que foi alvejado por um dos soldados da corporação, que atendiam a uma situação de Violência Doméstica.

A nota informa que por volta das 19h15 de segunda feira (31/05), através de ligação anônima, uma das equipes se deslocou até o cruzamento entre a Rua José Alfredo de Carvalho e Avenida Barão do Rio Branco, na Vila Independência, onde um casal estaria brigando.

Segundo a PM, no local, a equipe encontrou um rapaz com um bebê recém nascido no colo, uma mulher e mais duas crianças.

Questionados, a mulher disse horas antes teria ido até a delegacia de Polícia Civil para registrar um Boletim de Ocorrências contra o marido por violência doméstica e solicitar Medida Protetiva de caráter urgente por conta das agressões sofridas por ele.

Disse ainda que gostaria apenas de ir para sua casa com as crianças, a fim de protegê-las do frio.

Assim, as partes foram orientadas, sendo que ao perceber que a mulher deixaria o local, o marido apresentou comportamento agressivo, além de demonstrar estar sob efeito de drogas, dizendo palavras desconexas.

Conforme registrado pela PM, o rapaz então passou a agredir os policiais, tentando por diversas vezes lhes tomar as armas, sendo necessário o uso da força, onde ele acabou sendo alvejado por um disparo feito por um dos agentes.

A PM informou que de imediato foram acionadas as equipes do SAMU e SIATE, porém o indivíduo veio a óbito antes mesmo da chegada do socorro especializado.

Assim, foi realizado o isolamento do local para os procedimentos cabíveis, informou a PM.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Polícia Militar