Notícias

Dados de meio bilhão de usuários são vazados em lista gratuita em site hacker


Brasil Net

Informações de 8 milhões de brasileiros podem ter sido expostas

Foto: Reuters
Há nomes, número de telefone e até emails

Dados pessoais de mais de meio bilhão de usuários do Facebook foram localizados no sábado (3), em um site hacker. O vazamento inclui informações de 533 milhões de internautas e, entre eles, podem estar 8 milhões de brasileiros.

Os  dados incluem número telefone, ID da conta do Facebook, cidade de origem, data de aniversário, biografia e, em alguns casos, também o endereço do e-mail, segundo informações do site americano Business Insider citadas pela agência Bloomberg.

Alon Gal, diretor executivo de tecnologia e inteligência de crimes cibernéticos da Hudson Rock, descobriu os dados neste sábado. Eles estão disponíveis gratuitamente em um fórum de hackers, fazendo com que essas informações estejam amplamente abertas a qualquer um que tenha um mínimo de habilidade com dados.

O Business Insider checou vários registros vazados combinando números de telefone de usuários conhecidos do Facebook com os IDs listados.

Também confirmou outros registros testando endereços de e-mail do conjunto de dados no recurso de redefinição de senha da rede social, que pode ser usado para revelar parcialmente o número de telefone de um usuário.

Segundo o Facebook, os dados já haviam sido vazados há alguns anos e reapareceram no sábado.

“São dados antigos e já relatados em 2019”, disse um porta-voz da rede social à Bloomberg. “Encontramos e resolvemos esse problema em agosto de 2019”, complementou em nota.

Na época, a empresa fez uma correção em uma falha em sua tecnologia que permitia que ocorresse o vazamento de informações. Mas, uma vez que os dados escapam da rede do Facebook, a companhia tem poder limitado para impedir que se espalhem on-line.

Vazamentos de dados são uma ameaça ao modelo de negócios do Facebook, que reúne uma grande quantidade de informações pessoais e as utiliza para vender anúncios de forma direcionada.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Jornal O Globo
SEMANA 01 Faccrei