Notícias

“Não tem ação humana”, diz ufólogo sobre marcas no trigo em SC


Brasil Net

Os desenhos foram vistos por moradores na cidade de Entre Rios, cidade próxima a Ipuaçu

Foto: Canal Ideial/ND
As marcas são registradas na região desde 2008

Há dois anos a região Oeste de Santa Catarina não registrava círculos misteriosos em plantações de trigo. O último surgimento ocorreu em 2018 na cidade de Ipuaçu, distante 84 quilômetros de Chapecó.

Na última quarta-feira (14), no entanto, os desenhos foram vistos por moradores na cidade de Entre Rios, cidade próxima a Ipuaçu. O reconhecido ufólogo brasileiro, editor da Revista UFO, Ademar José Gevaerd não conseguiu verificar “in loco” os agroglifos, mas se espantou com as marcas.

“Eu fui avisado somente na quarta  à noite, então não consegui me deslocar até Entre Rios. Não tem como ter uma precisão muitas horas depois porque ocorrem o pisoteio na plantação, mas pelas imagens que recebi eu arrisco dizer que os círculos não tem ação humana”, comenta o ufólogo.

O último surgimento na região ocorreu em 31 de outubro de 2018 em Ipuaçu, no entanto, por cerca de 10 anos, os círculos são registrados na região. A cidade ficou conhecida como a Capital Nacional dos Agroglifos.

“Ipuaçu vinha por 10 anos consecutivos com o surgimento dos círculos. Mas também já tivemos casos em Ouro Verde, em Toldo Velho e em algumas cidades em torno de Ipuaçu. Nesses últimos dois anos do não surgimento dos agroglifos não têm um motivo”, finaliza.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal ND Mais
Novidades Faccrei