Notícias

Perseguição da PRF nas ruas de Cornélio Procópio quase acaba em tragédia


Brasil Net

Na contramão, uma suspeita de tráfico colidiu o carro que conduzia no veículo de um casal entre as Rua Bahia e Paula Gomes

Foto: WhatsApp
A suspeita foi presa e o casal conduzido a Santa Casa

Na tarde de sábado (23), por volta das 17 horas, após receberem informações que um veículo VW/Virtus de cor branca, conduzido por uma mulher loira estaria trafegando pela BR-369 com drogas vinde, equipes da Polícia Rodoviária Federal do posto de Cornélio Procópio ficaram atentas.

Pouco depois os policiais avistaram o carro vindo de Santa Mariana pela rodovia, sendo dada voz de abordagem, porém a motorista não acatou e seguiu em fuga, sendo então iniciada uma perseguição.

Na fuga, a mulher acabou entrando com o carro em Cornélio Procópio pela Avenida Francisco Lacerda Junior, seguindo em alta velocidade pelas ruas do município e por pouco a perseguição não terminou em tragédia, após ela colidir frontalmente na contramão com um veículo Chevrolet Classic com placas de Santa Mariana, ocupado por um casal, no cruzamento entre as Rua Bahia e Paula Gomes, na área central da cidade.

A suspeita, identificada como sendo Francineia Batista Bauer, moradora da cidade de Guaíra, ainda tentou fuga a pé, correndo em direção ao bairro rural Água do Veado, onde invadiu uma casa e tentou se esconder, mas logo foi detida pelos agentes da PRF, após populares a denunciarem.

Enquanto isso equipes do SAMU e SIATE se mobilizavam para atender o casal na Rua Bahia.

De acordo CB Eduardo, socorrista do SIATE, as vítimas precisaram ser encaminhadas a Santa Casa, visto que a senhora sofreu contusões em uma das pernas e tórax.

Já seu esposo, este perdeu a consciência no momento da colisão, mas pouco depois voltou a si e conversou com os socorristas, porém estava um pouco confuso, informou o CB Eduardo.

No carro da mulher presa os agentes da PRF encontram cerca de meia tonelada em maconha dividida em vários tabletes e diante do fato, a droga e a acusada foram encaminhadas para a Delegacia da Policia Federal em Londrina .

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias
Novidades Faccrei