Notícias

Paraná recebe nova sequência de placas veiculares com 439.956 unidades para registro


Brasil Net

Em 2024, no período de janeiro a maio, foram 108.487 veículos emplacados

Foto: Divulgação/DETRAN-PR
O Paraná realiza uma média de 21 mil emplacamentos mensais

O Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN-PR) recebeu da Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN), a liberação de uma nova sequência alfanumérica de placas veiculares que vão de TAI a TAZ e de TBA a TBZ, somando um total de 439.956 unidades disponíveis para registro.
O Paraná realiza uma média de 21 mil emplacamentos mensais. Em 2024, no período de janeiro a maio, foram 108.487 veículos emplacados, sendo 102.241 presenciais e 6.606 de forma online.
"Com as novas placas estamos garantindo que mais veículos possam ser registrados no Paraná. A nova série está projetada para atender nossas necessidades pelos próximos dois anos”, destaca o diretor-presidente do DETRAN-PR, Adriano Furtado.
Os cidadãos que desejaram escolher sua combinação, poderão fazê-lo mediante pagamento adicional, serviço exclusivo para carros zero quilômetros, com o custo de R$ 150,00.
Os recursos são destinados para desenvolvimento de projetos sociais no Estado.
A escolha da placa é uma opção do usuário. Quem não deseja fazer a seleção dos dígitos recebe a placa conforme a ordem sequencial do cadastro do Detran.
A sequência de placas veiculares teve início em 1990 e o Paraná foi o primeiro estado a ser contemplado, com a sequência AAA-0001 à BEZ-9999, com duração de 30 anos.
Em 2020, o Estado solicitou uma nova subsequência para atender a demanda e foi autorizado a usar a série RHA-0001 à RHZ-9999, de aproximadamente 250 mil placas.
A última sequência de placas recebidas pelo DETRAN-PR foi em 2022. Naquele ano foi a sequência SDP-0A01 à SFO-9J99, equivalente a 519.948 unidades.
Desde junho de 2023, o primeiro emplacamento de veículos no Paraná pode ser realizado de forma 100% online, pelo computador ou celular.
Essa opção propicia agilidade e economia para os cidadãos, com redução de 17% no valor do processo, por não exigir a vistoria.
A iniciativa é pioneira no Brasil e facilita a emissão dos documentos e a autorização para a estampagem de placas de um veículo novo.
O serviço pode ser feito em menos de 15 minutos. No ato da compra do veículo é emitida a Nota Fiscal Eletrônica (NFe), com a qual o cidadão inicia o processo online, no portal do DETRAN-PR ou no aplicativo Detran Inteligente, colocando as informações da NFe, documento de identificação e foto.
Se as informações estiverem corretas, uma notificação é encaminhada por e-mail contendo a liberação da guia para emissão no site do DETRAN-PR.
Após o pagamento, é liberada a autorização de estampagem de placa, o CRLV-e (documento para circulação) e o código de segurança. O proprietário pode, então, buscar uma estampadora de placa credenciada pelo DETRAN-PR.

 


Fonte: Redação Cornélio Notícias, com informações do SECON Paraná
CN INSTITUCIONAL