Notícias

Lula diz em evento que ‘nenhuma mulher quer namorar’ ajudante geral


Brasil Net

Lula tem sido criticado por gafes e declarações em eventos recentes

Foto: Ilustrativa
Em um evento em São Paulo, lula afirmou que “afrodescendente gosta de um batuque”

O presidente Lula (PT) fez na quarta-feira (7), um discurso no Complexo do Alemão no Rio de Janeiro defendendo investimentos na educação no qual afirmou que nenhuma mulher quer namorar com quem tem como profissão ajudante geral.
Lula visitou a comunidade para anunciar o lançamento de um instituto federal, ao lado de autoridades como o prefeito Eduardo Paes (PSD) e o ministro da Educação, Camilo Santana (PT).
Em trecho de sua fala, Lula afirmou que o país sempre foi governado por quem “não tinha apreço pela educação” da população.
“Primeiro, a agricultura, sabe. A grande profissão era carpinador de café, era colher café com a mão. Depois veio o corte de cana com máquina e agora trabalhar em fábrica. Mas em fábrica a gente sabe que a gente tem que ter uma profissão. Se a gente não tiver profissão, a gente vai ser ajudante geral e ajudante geral não ganha nada”, disse o presidente.
Ele continuou: “Nenhuma mulher quer namorar com um cara que mostra carteira profissional, qual é a sua profissão? Ajudante geral. A mulher fala: ‘Pô cara, nem uma profissão você tem, para levar o feijão e o arroz para casa no final do mês e as crianças que vão nascer, como é que a gente vai cuidar?’ Então, tem que estudar.”
Lula tem sido criticado por gafes e declarações em eventos recentes. Na última sexta-feira (2), em São Bernardo do Campo (SP), ele disse a uma mulher negra que “afrodescendente assim gosta de um batuque”, em um episódio que duramente foi criticado.

 

FACCREI - VESTIBULAR


Fonte: Redação Cornélio Notícias, com informações da Folhapress
CN INSTITUCIONAL